(62) 3088-0456 Goiânia
(61) 3025-0490 Valparaíso
sinpol.go@gmail.com
sinpolgo@sinpolgo.org.br

  • Quadrilha de roubo a banco desarticulada em Goiânia utilizava furadeira especial em crimes


Postado por Erica Santos - Sex, 09 de setembro de 2016 às 11:15 - 4447 visualizações

Associação criminosa, que gerou prejuízo de mais de R$ 1 milhão a uma instituição financeira, atuava em todo o País. Suspeitos lavavam dinheiro e ostentavam vida luxuosa.

A Polícia Civil, por meio do Grupo Antirroubo a banco (GAB), vinculado à Delegacia Estadual de Investigações  Criminais (DEIC), desarticulou uma associação criminosa especializada em ataques a instituições financeiras.

A apresentação dos suspeitos ocorreu na manhã desta quinta-feira (8) no auditório da Secretária de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP). Grupo é acusado de causar um prejuízo que supera R$ 1 milhão.

De acordo com dados da PC, a organização criminosa atuava em Goiás, Paraíba, Mato Grosso e Distrito Federal. Denominada Phantom, a operação que culminou na prisão dos suspeitos foi desencadeada na sexta feira (2) e resultou no cumprimento de três mandados de prisão nos Estados de São Paulo e Santa Catarina.

Em campinas (SP), os policiais do GAb/DEIC prenderam Adair Silvino de Moraes, de 35 anos, e Thiago de Moura, 30, quando desembarcaram no aeroporto Viracopos, logo após terem praticado outro furto a uma agência bancária na cidade de João Pessoa, na Paraíba. Com os dois foram aprendidos R$ 52 mil. Horas depois, equipes da PC cumpriram outro mandado de prisão, desta vez na cidade de Joinville (SC), tendo como alvo Rogério Silvino de Moraes, de 29 anos.

Além dos três suspeitos, foram presas Juliana Venâncio de Moraes e Alessandra MOURA. As duas envolvidas nos crimes seguem em prisão domiciliar em Joinville. De acordo com o delegado adjunto do GAB/ DEIC, Samuel Moura, os acusados responderão  pelos crimes de furto qualificado, associação criminosa e lavagem de dinheiro. O delegado informa, ainda, que Adair e Thiago já foram presos pelo GAB  no ano de 2015, após terem furtado uma agência bancária em Goiânia.

INVESTIGAÇÕES

Segundo o adjunto, na casa dos suspeitos foram apreendidos uma furadeira eletromagnética e diversos outros objetos destinados ao arrombamento de caixas eletrônicos. “ Este é um equipamento restrito ( furadeira eletromagnética), vendido somente com o uso de CNPJ, o que facilitou o rastreamento das ações do grupo”, destacou o delegado.

Ele relatou, ainda, que uma característica da associação criminosa é o fato de que os ataques eram programados e executados nos finais de semana.

“Com a utilização dessa furadeira eles conseguiam arrombar os caixas eletrônicos sem que qualquer equipamento de segurança fosse acionado.Com isso, os furtos só eram descobertos no próximo dia útil”, afirmou Samuel Moura”. 

Fonte: O Popular

 

   

  • Faça um comentário

  • Continue lendo:


Mulher é presa suspeita de matar ex ao brincar com arma para 'fazer graça' Ter, 06 de setembro de 2016 às 13:43
Polícia prende suspeitos de dar golpe na compra de máquinas agrícolas Ter, 06 de setembro de 2016 às 09:28
CVV promove a campanha Setembro Amarelo Seg, 05 de setembro de 2016 às 11:07
Divulgação de Edital - ESPC/GO Seg, 05 de setembro de 2016 às 08:40
Lideranças de entidades do Comitê Integrado se reúnem para solicitar agenda com o Governador Sex, 02 de setembro de 2016 às 13:44
SINPOL - GO

Links Úteis

Goiânia - CEP: 74325-210
Rua Salermo, Qd.47, Lt.07, Casa 01 - Setor Jardim Europa - Goiânia/GO
(62) 3088-0456
Valparaíso - CEP: 72850-033
Qd.11, Casa 3, Etapa “A”, Valparaiso I - Valparaiso de Goiás/GO
(61) 3025-0490
(61) 3629-0892