(62) 3088-0456 Goiânia
(61) 3025-0490 Valparaíso
sinpol.go@gmail.com
sinpolgo@sinpolgo.org.br

  • Mulher é presa suspeita de matar ex ao brincar com arma para 'fazer graça'


Postado por Erica Santos - Ter, 06 de setembro de 2016 às 13:43 - 5501 visualizações

Atualizada por Erica Santos - (nenhuma data gravada)

Robson Divino de Faria, 38, morreu após ser atingido por um tiro, em Goiânia.

Segundo o delegado, ele e a ex estavam bêbados, mas não houve briga.

A Polícia Civil apresentou, nesta terça-feira (6), a dona de casa Kátia de Oliveira Santos, de 38 anos, suspeita de matar o ex-marido com um tiro acidental, em Goiânia. De acordo com a investigação, Robson Divino de Faria, também de 38 anos, havia passado o dia bebendo com Kátia e duas amigas. Segundo o delegado Carlos Caetano Júnior, a mulher brincava com a arma efetuando vários tiros para “fazer graça”, um deles atingiu a vítima.

“Foi uma mistura de uso de bebida alcoólica com imprudência da pessoa de andar armada. Ela não tem permissão para isso e comprou uma arma ilegal. Ela alega que não teve intenção de matar, mas, no mínimo, ela assumiu o risco do resultado morte ao atirar ao lado da pessoa. Uma pessoa bêbada, armada, disparando tiros em área urbana, ela tem grandes chances de fazer o fez, tirou a vida do ex-marido”, afirmou.

O crime aconteceu na noite do dia 7 de agosto deste ano, na Praça da Feira, no Jardim Curitiba 2, em Goiânia.

O delegado disse que Kátia morou na Europa por mais de 10 anos e havia chegado ao Brasil há poucas semanas. Segundo ele, a mulher, o ex-marido e outras duas amigas dela passaram o dia em distribuidoras de bebidas do bairro.

De acordo com Carlos Caetano, Kátia disparou 6 tiros a esmo, um deles atingiu Robson. “Eles estavam sentados na carroceria da caminhonete dela quando a vítima foi atingida. Ao perceber o que ela teria causado, ela correu com ele no hospital, o abandonou na porta e fugiu”, contou o delegado.

Segundo ele, a mulher ficou foragida por mais de um mês e, na segunda-feira (5) foi presa ao se apresentar à polícia.  De acordo com o delegado, a mulher morou com Robson por dois anos, a 13 anos atrás, e tem uma filha de 15 anos com ele.

“Ela nos disse que a adolescente está revoltada com a morte, não aceita o fato, mas ao mesmo tempo diz que acredita que a mãe não teve a intenção de matar o pai dela”, afirmou.

Segundo a Polícia Civil, a mulher foi indiciada por homicídio doloso, disparo de arma de fogo e porte ilegal de arma. Se condenada, pode pegar mais de 20 anos de prisão.

Fonte: G1

 

   

  • Faça um comentário

  • Continue lendo:


Polícia prende suspeitos de dar golpe na compra de máquinas agrícolas Ter, 06 de setembro de 2016 às 09:28
CVV promove a campanha Setembro Amarelo Seg, 05 de setembro de 2016 às 11:07
Divulgação de Edital - ESPC/GO Seg, 05 de setembro de 2016 às 08:40
Lideranças de entidades do Comitê Integrado se reúnem para solicitar agenda com o Governador Sex, 02 de setembro de 2016 às 13:44
Policiais civis penalizados de forma irresponsável pelo Secretário de Segurança Pública terão salários supridos por entidades Qui, 01 de setembro de 2016 às 16:28
SINPOL - GO

Links Úteis

Goiânia - CEP: 74325-210
Rua Salermo, Qd.47, Lt.07, Casa 01 - Setor Jardim Europa - Goiânia/GO
(62) 3088-0456
Valparaíso - CEP: 72876-054
Qd 18, Casa 41, Etapa "A" - Valparaiso de Goiás/GO
(61) 3025-0490
(61) 3629-0892